As emoções

emociones1

Cada um se fartará do fruto da sua boca, e da obra das suas mãos o homem receberá a recompensa. (Provérbios 12:14)

As nossas emoções estão diretamente ligadas naquilo que falamos, as emoções conseguem influenciar de forma decisiva naquilo que eu falo,no que eu digo para as pessoas,uma palavra má colocada pode fazer perder uma amizade, um negócio, uma oportunidade, aborrecer pessoas, “ Assim também a língua é um pequeno membro, e gloria-se de grandes coisas. Vede quão grande bosque um pequeno fogo incendeia. A língua também é um fogo; como mundo de iniqüidade, a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. Tiago 3:5-6″ Um vendedor se estiver colocando as palavras certas, no momento em que estiver apresentando seu produto de venda, as palavras são seu maior aliado naquele momento, se uma das palavras é mal interpretada, mal entendida, ou venham a mexer de forma negativa nas emoções das pessoas que estão ouvindo tal vendedor, dificilmente a venda vai lograr bom êxito, então nossas palavras devem ser muito bem planejadas, as emoções não só estão naquela pessoa que fala como também na que ouve, geralmente aquilo que falamos vai gerar uma emoção naqueles que ouvem, por isso é preciso calcular de forma precisa as palavras dirigidas aos nossos ouvintes. Se falo para uma pessoa que ela deve “MUDAR” e falo a verdade de forma cordial, educada e com tom de construção, com certeza a emoção daquele ouvinte vai ser construtiva, mais se falo a mesma palavra com um tom de autoritarismo, com ira, com certeza a reação do ouvinte vai ser desconstrutiva e as vezes até inesperada, então um segundo valor que está ligada a palavra é o tom de como expresso a palavra ao ouvinte, não é só o meio pelo qual coloco as palavras, mais também o tom pelas quais as falo, com certeza se falo as verdades de uma forma sabia e amigável, os valores no coração de quem as ouve vai ser aquoso, mais o contrário se falo com ira e sem misericórdia, os valores no coração dos ouvintes vai ser áspero e improdutivo, então tenho que ter cautela nas minhas emoções pois, elas influenciam tanto nas minhas palavras como também no tom de como as palavras são empregadas, “A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Provérbios 15:1” Quando queremos falar a verdade para alguém é preciso esperar o tempo, momento, com as emoções equilibradas, para que tenhamos sucesso na construção do objetivo arquitetado.

Comerei do fruto de minha boca

Se ao falar com pessoas as minhas emoções conseguem desconfigurar minhas palavras e o tom de como as emprego, com certeza estarei semeando ao longo dos anos sementes de um caráter em que as pessoas não vão querer está perto, e o fruto desta ação será o desprezo, percas, inconseqüências, iras, revoltas, insucessos e desequilíbrio, se as minhas palavras quebram mais valores dos que as geram, produz mais revolta do que paz, colhe um fruto amargo do que o doce, com certeza temos que rever nossas emoções, pois, são elas que estão desequilibradas na hora em que mais precisamos que estejam equilibradas. Agora é evidente que tudo foge as regras, há momentos que temos que ser seletivos com pessoas, que não aprendem de primeira, nem de segunda e por ai vai, temos que impor uma certa autoridade, com um tom mais rígido, é algo semelhante a filhos, todos nós passamos por momentos onde damos uma ordem ao filho para fazer ou deixar de fazer algo, e ele diz está certo, mais não obedece, falamos de forma branda pela segunda vez, e ele continua na postura de que ninguém está falando, ai é quando usamos a autoridade, e o tom da mesma palavra muda, para que aquele menino(a) venha reconhecer a autoridade nas palavras dos pais, da mesma forma é com amigos que somos chegados, com liderados, ou seja com todos aqueles que nos dão abertura para então construirmos relacionamentos sadios e produtivos.

As nossas ações são determinadas por nossas emoções
“e da obra das suas mãos o homem receberá a recompensa”

As nossas emoções estão estreitamente ligados nas nossas ações e esse é o motivo porque muita gente não consegue êxito em seus projetos, sonhos e idealismos, porque perdem o foco e deixam algo pela metade ou mesmo acabam de iniciar e já desistem daquilo, aconteceu algo recente quando tivemos uma gincana bíblica na igreja, onde uma das tarefas era fazer uma feira de história para apresentar na igreja com a pauta das aulas que foram ministradas no decorrer do ano na escola bíblica dominical, e algumas pessoas de um dos grupos estavam cansadas e um tanto desanimadas com dia a dia, e suas emoções foram atingidas de forma que perderam o foco da feira e daquilo que eram para fazer, e com as emoções um tanto fragilizadas alguns queriam desistir, outros pensaram em mudar a data da feira para outro dia, em fim, mais depois conseguiram voltar ao foco e fizeram um belíssimo trabalho, mais da mesma forma que aconteceu com eles, acontece conosco a todo tempo, começamos um projeto e logo aparece algo para nos tirar do foco, e se não identificarmos de imediato onde erramos, vamos perder nossos sonhos, projetos e ideais, simplesmente porque nossas emoções conseguiram influenciar em nossas decisões, geralmente damos prioridades naquilo que nossas emoções focam, e tem pessoas que são instáveis exatamente porque não conseguem distinguir prioridades que as vezes não gostam mais tem que ser feitas, de coisas que gostam mais são supérfluas que poderiam ser deixadas para depois. Então iremos receber também o fruto de nossas ações, daquilo que faço, se semeio manga pode ter certeza que vou colher manga e não abacate, se existe uma coisa que está predestinada são a colheita de nossas ações, pode ter certeza que o fruto dela é de acordo com semente que foi lançada.

Que Deus nos conduza nas veredas da justiça, a paz!

Dc.Silvestre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *